A noite

85

A noite

Ao entardecer
O sol se põe
Os pássaros
Retornam
Ao seu ninho
E todos os seres viventes
Buscam aconchego e paz

À noite
Recolho-me em mim mesmo
Entro em sintonia
Com minha vida interior
Apalpo a minha alma
Ouço sua voz
E nela descanso

À noite
Minha vida atinge
Outro patamar
De profundidade

Seria
A noite
O prenúncio
Da Eternidade?

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 28/08/2013

 

Anúncios

O silêncio da eternidade

O silêncio da eternidade

Em momentos de silêncio e de enlevo espiritual
entro em sintonia com pessoas significativas
que me acompanharam de forma especial
em minha trajetória pessoal
É como se sua vida continuasse presente
no recôndito do meu ser

Ora, encontro esses sagrados momentos de silêncio
e de encontro comigo mesmo
em meio a portentosas montanhas
onde sinto a brisa leve do vento eterno
a me tocar as entranhas
e ali sinto-me parte de um todo maior
que me envolve como num manto sagrado de paz

Outras vezes, encontro estes fragmentos de paz
Em comunhão com os que dormem o sono eterno
no silêncio de um cemitério
sob as asas estendidas de um anjo
que noite e dia e nas intempéries do tempo
vela silenciosamente sobre cada um deles

Em raros momentos de inspiração
que esses lugares sagrados me propiciam
invade-me um misto de ternura
e a certeza de que, no silêncio da eternidade,
repousam as dores, as frustrações e os sonhos
de incontáveis gerações que
num gesto de entrega confiada e de fé
depositaram no eterno Deus da Vida
a sua última esperança.

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 26/09/2011

A sina da vida

 

A sina da vida

É uma arte deveras desafiante
Viver na tenda em que habito
Não obstante vou adiante
Pois assim está escrito

Vou seguindo minha lida
No cumprimento duma missão
E por cada novo dia de vida
Quero ser grato de coração

Entrementes estou ciente
De que o ser vivente
De algumas vicissitudes
É capaz de se libertar

Todavia a sina da vida
Foi concebida assim
Que jamais serei capaz
De me ver livre de mim.

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 09/09/2015

Confissão de Fé

 

Confissão de Fé

Creio em Deus,
o poder criador do universo,
e de tudo que nele existe
e que se renova,
de forma perene e maravilhosa,
perante os nossos olhos

Creio em Jesus Cristo,
Filho de Deus, nascido de mulher,
à semelhança de todos nós,
o qual foi por Deus chamado
para testemunhar e viver seu amor
em palavras e ações
e a proclamar seu juízo
sobre toda forma de injustiça
que reina entre nós

Creio no Espírito Santo,
a manifestação do poder de Deus,
que nos anima a praticar a justiça,
a nos amarmos uns aos outros,
a colhermos o pobre, o órfão,
o enfermo e o estrangeiro;
e que nos fortalece na esperança,
de que, na hora derradeira,
ele haverá de estender
seu manto de paz
sobre todos os seres viventes,
sobre os que nos precederam na morte
e sobre toda a sua criação.
Amém!

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 05/07/2014