Creio em Deus

Creio em Deus

Deus é um Mistério
Que me intriga
Desafia
Não me deixa em paz
Eis porque me encontro
Permanentemente
À sua busca

Sei que nada sei
Acerca do mistério de Deus
E, do pouco que imagino saber,
Sou incapaz de discernir
Entre o que recebi
O que brotou do meu próprio coração
E o que o Seu Espírito me revelou

Não obstante, me rendo ao Seu mistério
Na certeza de que vivo
Perante a Sua face
E que Dele procede o sopro da vida
Que anima a natureza e todos os seres viventes
E que é Seu o poder
Que confere harmonia ao universo

Assim, custo a crer que Deus tenha preferência
Por um determinado povo, nação, gênero ou raça,
Pois todos somos criaturas feitas à Sua imagem
Agraciadas com a mesma dignidade.
Assim, ao invés apostar em ritos sacrificiais,
Prefiro crer na Sua graça e misericórdia
Como fonte do perdão.

Creio que seja da Sua vontade
Que haja terra, ar, pão e água para todos por igual
E que os povos e nações
Unam mãos, mentes e corações
Para que a Justiça e a Paz possam enfim prevalecer
E que, assim,um dia o mundo venha a crer,
Que o verdadeiro Deus é Amor!

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 12/12/2012

Travessia

dsc00504

. . . T r a v e s s i a

Com alguma
Fantasia
Sabedoria
Alegoria

Temperada com
Ingredientes
Transcendentes
Consistentes

É possível
Num instante
Insinuante
Fundante

Ter inspirações
Ancestrais
Míticas
Filosóficas

Capazes de serem
Fonte
Horizonte
Ponte . . .
. . . Para a Travessia.

Lothar Carlos Hoch
S.L., 14/04/2015

O sonho

 

129

O Sonho

Seria o sonho uma bolha
Que explode tão logo
Encontra a primeira adversidade
À semelhança de folhas secas
Levadas ao sabor do vento…
Seria o sonho uma quimera?

Não! O sonho é uma força inata
Que vence a letargia
Mobiliza corpo e espírito
E lhes dá perseverança
Na busca pela realização de um ideal
O sonho revigora o ser!

O sonho impulsiona
O ser humano
Ativa o elã vital
Aguça os sentidos
Atiça as emoções
O sonho dá sentido à vida!

O sonho de chegar ao oásis
Da integração final
Fortalece os joelhos do peregrino
Em meio às agruras
Da travessia pelo deserto
O sonho dá asas à esperança!

Que o Espírito Divino
A eterna matriz criadora
De tudo o que é bom e belo
Embale os nossos sonhos
E nos leve à plenitude intendida
No ato da criação original

A fim de que, em uníssono,
Céus e terra exaltem
Numa só sinfonia
A beleza, a paz e a harmonia
Para que se realize, assim
O sonho de Deus, enfim!

Lothar Carlos Hoch
Praia da Pinheira, 23/01/2013

Senhor, sou teu !

22

Senhor, sou teu!

Senhor, sou teu
Não como um ser
Que mantens atrelado a ti
Qual animal na coleira!

Senhor, sou teu
Jamais como um fantoche
Que, de alguma forma mágica,
Manipulas a distância

Senhor, sou criatura tua
Feita a tua imagem
Não independente,
Tampouco auto-suficiente,
Mas livre!

Senhor, quero ser teu parceiro
No cuidado dos demais viventes
E na gestão desta terra
De cujas entranhas me formaste!

Eis, porque, Senhor,
Eu quero servir-te
Em humildade e gratidão
Nas pessoas que a meu lado peregrinam

Envia o teu Santo Espírito
Para que eu possa fazê-lo de forma confiada
Na certeza de que meu nome
Está gravado na palma da tua mão!

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 07/12/2012

A hora derradeira

A hora derradeira

É impossível saber
Como será o momento de morrer
Pois no tocante à morte
Desconheço a minha sorte

Quando irá se revelar?
Com que rosto se apresentar?
Ninguém jamais o saberá
Só o futuro o dirá

Não obstante
A cada instante
Ela se faz presente
De forma insolente

Não é sábio ignorá-la
E tampouco idealizá-la
O que mais nos enerva
É não saber o que ela nos reserva

Resta-nos esperá-la com paciência
Buscando manter livre nossa consciência
Confiando na graça de Deus
Que prometeu não abandonar os seus

Assim, procuro não me prender a esse mundo
Pois terei que deixá-lo num segundo
Meu desejo é morrer junto aos meus
E, sereno, me entregar nas mãos de Deus

Creio que sou por Ele amado
Que perdoa o meu pecado
Que está sempre ao meu lado
E que em Suas mãos estou bem guardado

Sei que a morte à cinza nos reduz
Não obstante, eu quero crer,
Que será Ele que nos conduz
A uma nova dimensão do ser.

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 22/01/2015