Estações do tempo

DSC01132

Estações do tempo

Tudo tem seu tempo certo sob o sol
Diz o sábio através das Escrituras
De tal modo que existe tempo de rir
E tempo de chorar

Tempo de semear
E tempo de colher;
Tempo de abraçar
E tempo de se afastar do abraço

Proclama igualmente o sábio
Que há um tempo de amar
E um tempo de odiar
Um tempo de guerra
E um tempo de paz

Em vista disso
Eu não deveria desprezar a vida
Mas ser grato por ter nascido
E pelo privilégio de poder viver

Ainda assim, não devo olvidar
Que o tempo que me oportunizou
O privilégio de nascer e de viver
É o mesmo que
Haverá de me devorar!

Lothar Carlos Hoch
Praia da Pinheira, 19/01/2014

Fidelidade

10

Fidelidade

Habito em uma mansão
Cheia de espelhos
Quando me ponho diante deles
Vejo neles refletido
Um sem-número de corredores
Se abrindo para todos os lados

Nesses espelhos
Ainda que numa variedade
Incalculável de línguas
Consigo decifrar mutatis mutandis
Sempre o mesmo imperativo
Sê fiel!

Sê fiel…
Às pessoas que te geraram
Às tradições que te legaram
Aos valores que herdaste
E, por mais que por eles sofras,
Permanece fiel aos ideais que abraçaste!

Assim, com os olhos nos ideais fitos,
O coração e a mente convictos
Encontro meu lugar e meu espaço
No labirinto de espelhos
Que, ao invés de me confundir,
Transformam-se em luz para o meu caminhar.

Lothar Carlos Hoch
São Leopoldo, 29/06/2014